quarta-feira, 17 de maio de 2017

A riqueza é um dom de Deus



                                       Introdução

Há pessoas religiosas que não acreditam que Deus possa fazer coisas novas, mas Deus sempre faz, Ele é criativo. Ele sempre tem uma nova unção, um novo mover ou um novo avivamento. Deus não parou de trabalhar. 

Irei colocar aqui um trecho do livro que escrevi; "O Espírito Santo deseja te encher".
"Começamos a nos reunir todas as quartas-feiras, e o Espírito Santo nos visitou em uma noite.Terminamos o estudo e fomos orar.
A unção de alegria veio sobre nós,e todos começaram a rir,até mesmo um irmão que era meio calado recebeu a unção.
No sábado ,no culto dos jovens,aconteceu de novo a mesma unção.

Alguns ficaram tão embriagados do Espírito,que tiveram de ser levados nos braços.Ficamos empolgados,eu nunca tinha visto nada igual... Em outro dia de estudo com os jovens quando fomos orar,começou a aparecer pó de ouro nas nossas mãos,e no culto seguinte a mesma coisa.Houve,porém,uma irmã que o pó de ouro ficou em seu rosto,e mesmo lavando não saía".

Neste tempo começamos viver uma nova dimensão de glória e unção. Mas isso foi apenas o começo, porque com Deus é de fé em fé,de glória em glória,de revelação em revelação e de unção em unção.

Com Deus nunca paramos de crescer e aprender.Este livro é uma revelação divina,pois para aquele que crêem terão a sua vida transformada.
Receba este livro como uma palavra profética para você.Nós falaremos de uma revelação divina que Deus esta liberando,essa unção vai capacitar o seu povo a enriquecer.

A riqueza é um dom de Deus,e o desejo de Deus é colocar riqueza nas mãos de seu povo.
 Deus deseja que você tenha recursos financeiros;
 Deus deseja revelar a você como alcançar provisões financeiras;
 Deus deseja te dar instruções para a vitória financeira;
 Deus deseja multiplicar os seus recursos;
 Deus deseja que você dependa Dele como sua fonte;
 Deus deseja te honrar;
 Deus deseja suprir todas as suas necessidades.

Quando você começar a crer que o desejo de Deus é te prosperar, ai então você prosperará.Quando você começar a crer que o desejo de Deus é te enriquecer ,ai então você irá enriquecer.
Existem pessoas que acham que o desejo de enriquecer é pecado,e por isso continuam na pobreza e na escassez,mas a bíblia nos mostra algo diferente;

Ele enriqueceu Abraão, o pai da fé;
Enriqueceu Isaque,o filho da promessa;
Enriqueceu Israel,pois mudou o seu nome;
Enriqueceu Moisés e o seu povo com o ouro do Egito;
Enriqueceu seus reis Saul,Davi e Salomão.

Não importa a sua situação hoje, se você se encontra em falência ou totalmente destruído financeiramente, essa unção vai liberar milagres financeiros sobre você. Se você é próspero essa unção vai multiplicar o que você já tem. 

Enquanto você esta lendo este livro, o Espírito Santo vai ministrar essa unção que vai te enriquecer. Faça esta oração;
Oh! Senhor Jesus me unja com essa unção de riqueza, para quebrar toda a pobreza financeira. Senhor Jesus que o espírito de escassez e miséria saia da minha vida e família, em nome de Jesus, amém.

Livro O Poder que Enriquece
comprar click no link: Amazon
Facebook: Estudo financeiro




Deus deseja multiplicar os seus recursos

 O desejo de Deus é colocar riqueza nas mãos de seu povo. 

 Deus deseja que você tenha recursos financeiros; 
 Deus deseja revelar a você como alcançar provisões financeiras; 
 Deus deseja te dar instruções para a vitória financeira; 
 Deus deseja multiplicar os seus recursos; 
 Deus deseja que você dependa Dele como sua fonte; 
 Deus deseja te honrar; 
 Deus deseja suprir todas as suas necessidades. 
Quando você começar a crer que o desejo de Deus é te prosperar, ai então você prosperará.Quando você começar a crer 

Livro O Poder que Enriquece
comprar click no link: Amazon
Facebook: Estudo financeiro

TRÊS PASSOS DE FÉ PARA A ABUNDÂNCIA

“TRÊS PASSOS DE FÉ PARA A ABUNDÂNCIA”

Salmo 112:1-3“Aleluia! Bem-aventurado o homem que teme ao SENHOR e se compraz nos seus mandamentos. A sua descendência será poderosa na terra; será abençoada a geração dos justos. Na sua casa há prosperidade e riqueza, e a sua justiça permanece para sempre.”

Meu amado irmão, minha família espiritual, meu filhinho em Cristo Jesus, selo do meu Apostolado.
Estamos falando de abundância de paz, de alegria, de vitória, de triunfos, abundância de amor, de provisão para todas as áreas e todos os aspectos da vida. Esse tem sido o tema que estamos abordando na Igreja. Eu quero compartilhar contigo sobre esses passos de fé que nós podemos dar, gerando finalmente a consumação da vida de abundância prometida na Bíblia Sagrada.

Vamos ver o que Deus pensa a respeito das coisas que Ele criou, em Gênesis 1:31: “Viu Deus tudo quanto fizera, e eis que era muito bom. Houve tarde e manhã, o sexto dia.”
Vais perceber que o conceito da abundância é o que vem do Livro de Gênesis. Deus criou o homem, a mulher, os animais, tudo que há sobre a Terra. Deus disse que era abundante a nossa vida e que nós teríamos domínio. Quando Ele termina o Seu trabalho, diz: “Tudo o que Eu fiz é bom!” O amado está percebendo que todos os conceitos que Deus criou foram com um propósito: pensando no homem. O Deus da criação é o Pai amoroso que cuida dos Seus filhos e de suas vidas.
Deus é o Deus de abundância. Ele pensou em mim, pensou em ti, pensou em todos aqueles que Ele criou para a semente da Salvação. Olha o que diz o Salmo 35:27: “Cantem de júbilo e se alegrem os que têm prazer na minha retidão; e digam sempre: Glorificado seja o SENHOR, que se compraz na prosperidade do seu servo!”

A Igreja deve saber isto: Deus sente prazer na prosperidade do Seu servo. Vê o que diz João 10:10“O ladrão vem somente para roubar, matar e destruir; eu vim para que tenham vida e a tenha em abundância.” Quem é o ladrão? O diabo. E Jesus diz: “Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância.”
Diz III João 2: “Amado, acima de tudo, faço votos por tua prosperidade e saúde, assim como é próspera a tua alma.”

Nós já estudamos dezenas de promessas e de passagens bíblicas que mostram que Deus quer que a Sua Igreja acredite e tenha a mentalidade da abundância.
Vê como Deus fez desde o início com o nosso pai na fé, Abraão. Ele diz em Gênesis 17:1-2: “Quando atingiu Abrão a idade de noventa e nove anos, apareceu-lhe o SENHOR e disse-lhe: Eu sou o Deus Todo-poderoso; anda na minha presença e sê perfeito. Farei uma aliança entre mim e ti e te multiplicarei extraordinariamente.” Pensas que Deus estava mexendo com as emoções deste ancião? Ele disse: “Eu multiplicarei abundantemente!”
Em Gênesis 17:3-4, Ele diz: “Prostrou-se Abrão, rosto em terra, e Deus lhe falou: Quanto a mim, será contigo a minha aliança; serás pai de numerosas nações.”

Precisamos acreditar que a mesma promessa que Deus fez ao nosso pai, Abraão, é a mesma que nós temos direito de desfrutar.
Vê o que diz em Gálatas 3:13-14: “Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se ele próprio maldição em nosso lugar, porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado em madeiro, para que  a bênção de Abraão chegasse aos gentios em Jesus Cristo, a fim de que recebêssemos, pela fé, o Espírito prometido.” O que Deus prometeu aos judeus, através de Abraão, em Cristo Jesus, é nosso direito, agora. Lê Gálatas 3:2.
Em Gênesis 22:13-14 Ele diz: “Tendo Abraão erguido os olhos, viu atrás de si um carneiro preso pelos chifres entre os arbustos: tomou Abraão o carneiro e o ofereceu em holocausto, em lugar de seu filho. E pôs Abraão por nome àquele lugar – O SENHOR Proverá. Daí dizer-se até ao dia de hoje: No monte do SENHOR se proverá.” “O Senhor proverá”, do original grego, é: “Jeová Jiré”.
Meu filhinho amado, as minhas orações, nestes últimos tempos, têm se concentrado no desejo do meu coração de que todos os membros, amigos e internautas, que assistem as nossas programações, tenham esta Revelação: Deus é o nosso provedor e, se andarmos em obediência e em linha com a Sua Palavra, teremos total provisão. Lê Gênesis 17:1.
Deuteronômio 8:18 diz: “Antes te lembrarás do SENHOR teu Deus, porque é ele o que te dá força para adquirires riquezas; para confirmar a sua aliança, que, sob juramento, prometeu a teus pais, como hoje se vê.” Deus, quando honra alguém, está apenas confirmando a Aliança que fez com Abraão.
É muito importante o que diz Deuteronômio 8:17: “Não digas, pois, no teu coração: A minha força e o poder do meu braço me adquiriram estas riquezas.”
Poucas pessoas entendem o que é gratidão. Um dia dez leprosos vieram a Jesus, e Ele os curou. Passado um tempo, apareceu um para dizer: “Senhor, obrigado”. E Jesus perguntou? “Onde estão os outros nove”? A tendência do ser humano é esquecer que foi Deus quem fez. Lê Deuteronômio 8:19.
Saibas que, não honrarmos a Deus, a Bíblia diz: “Perecereis”. Quem rejeita a Deus, quem esquece de ser grato a Deus e suspeita da Palavra, vive dentro de prisões emocionais, em destruição, em loucura e não consegue conceber em sua mente, na sua mentalidade, quem é Deus.
Tiago 1:17 nos diz: “Toda boa dádiva e todo dom perfeito são lá do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não pode existir variação ou sombra de mudança. Toda boa dádiva, Todo dom perfeito são lá do Alto.” A vontade de Deus é que tenhas vida abundante.
Tenho ensinado à Igreja, por exemplo, que o Salmo 23 não é um Salmo religioso, é um Salmo de Promessas.
Vejamos o Salmo 23: “O SENHOR é o meu pastor; nada me faltará. Ele me faz repousar em pastos verdejantes. Leva-me para junto das águas de descanso; refrigera-me a alma. Guia-me pelas veredas da justiça por amor do seu nome. Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal nenhum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam. Preparas-me uma mesa na presença dos meus adversários, unges-me a cabeça com óleo; o meu cálice transborda. Bondade e misericórdia certamente me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na Casa do SENHOR para todo o sempre.” Bondade e misericórdia querem dizer: Abundância, Paz, Alegria, Saúde. Lê Efésios 6:10-18.
Diz João 10:11, 14“Eu sou o bom pastor. O bom pastor dá a vida pelas ovelhas, Eu sou o bom pastor; conheço as minhas ovelhas, e elas me conhecem a mim,”. O Bom Pastor dá o melhor que Ele tem: a Sua vida pelas ovelhas. Deus tem toda abundância, Ele é o Bom Pastor.
Vê Mateus 7:9-11: “Ou qual dentre vós é o homem que, se porventura o filho lhe pedir pão, lhe dará pedra? Ou, se lhe pedir um peixe, lhe dará uma cobra”?

Os crentes normalmente dizem assim:. “Deus deu uma pedrada e estou com um tumor aqui!” Honestamente, quem faria isso a um filho que lhe pedisse peixe?
Diz em Mateus 7:11: “Ora, se vós, que sois maus, sabeis dar boas dádivas aos vossos filhos, quanto mais vosso Pai, que está nos céus, dará boas cousas aos que lhe pedirem?” Deus tem o bem para te dar.
O primeiro passo para viveres a abundância é teres a mentalidade da abundância. Não penses de outra forma. Esta é a forma de Deus que dá certo: a confiança que temos em Deus.
O segundo passo para que a abundância aconteça, disse Jesus, em Mateus 6:33“buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.”

Amado, qual é a coisa que temos que fazer primeiro? As primícias da nossa renda, o que recebemos, primeiro, é de Deus; não é nosso. Tens que te habituar a definires o que são primícias, o que é estar em primeiro lugar. E a meta da Igreja é mostrar-te que, se tiveres Deus em primeiro lugar, se Ele for prioridade na tua vida, terás uma relação boa com Ele.
Diz Provérbio 10:22, 24“A bênção do SENHOR enriquece, e, com ela, ele não traz desgosto. Aquilo que teme o perverso, isso lhe sobrevém, mas o anelo dos justos Deus o cumpre.” Se tiveres fé, a Palavra se manifesta.
A meta da Igreja é criar uma relação de obediência com Deus: buscar o Reino, fazer o que Deus manda, e tudo será acrescentado. Se não andares em obediência, nada te será acrescentado.
Eu queria gastar mais tempo com o terceiro passo, porque creio que isso é condição essencial para que as coisas aconteçam ao povo de Deus. Precisas estar unido à família de Deus. A pessoa vai à Igreja, assiste ao culto, gosta do ambiente, vê tudo e, depois, vai embora. Não há ligação com a família. Mas, outra coisa é ser membro da família de Deus, é ter direito a viver a abundância da família de Deus. Confirma em Efésios 2:19.
Ser membro da família não é a mesma coisa do que ser membro da Igreja. Conheço muitas pessoas que são membros da Igreja, mas nunca foram à frente apertar a mão do Pastor. Nunca passaram do meio da Igreja. É membro da Igreja, porém não é membro da família. Muitas pessoas acham que é possível ser um cristão sem pertencer ou participar da família. Participar da família é ter compromisso.
Paulo disse, em Romanos 12:4-5“Porque assim como num só corpo temos muitos membros, mas nem todos os membros têm a mesma função, assim também nós, conquanto muitos, somos um só corpo em Cristo e membros uns dos outros,”.

Não podes ser isolado dentro da Igreja. Somos membros uns dos outros. E esse aspecto da família é importante para a manifestação da abundância.
Paulo continua dizendo, em I Coríntios 6:15: “Não sabeis que os vossos corpos são membros de Cristo? E eu, porventura, tomaria os membros de Cristo e os faria membros de meretriz? Absolutamente, não.” Os nossos corpos são membros de Cristo. Eu preciso de ti, tu precisas de mim, nós precisamos uns dos outros.
Amado, é importante pensarmos desta forma: I Coríntios 12:12-1425-27“Porque, assim como o corpo é um e tem muitos membros, e todos os membros, sendo muitos, constituem um só corpo, assim também com respeito a Cristo. Pois, em um só Espírito, todos nós fomos batizados em um corpo, quer judeus, quer gregos, quer escravos, quer livres. E a todos nós foi dado beber de um só Espírito. Porque também o corpo não é um só membro, mas muitos. para que não haja divisão no corpo; pelo contrário, cooperem os membros, com igual cuidado, em favor uns dos outros. De maneira que, se um membro sofre, todos sofrem com ele; e, se um deles é honrado, com ele todos se regozijam.  Ora, vós sois corpo de Cristo; e, individualmente, membros desse corpo.” para que não haja divisão no corpo; pelo contrário, cooperem os membros, com igual cuidado, em favor uns dos outros. De maneira que, se um membro sofre, todos sofrem com ele; e, se um deles é honrado, com ele todos se regozijam. Ora, vós sois corpo de Cristo; e, individualmente, membros desse corpo.”  

Assim como o meu corpo tem muitos membros, o teu corpo tem muitos membros, a Igreja tem muitos membros do Corpo; não é um membro isolado. Se te isolares na Igreja, és uma brasa que vai perdendo a incandescência, desaparece e fica cinza.
O sentimento de pertencer à família de Deus é muito importante, porque existem benefícios para os que têm compromissos e estão ligados ao Corpo de Cristo. Eu vou te dizer quais são os compromissos:
Primeiro, se fores ligado ao Corpo, membro da família, tornar-te-ás um verdadeiro e genuíno cristão. Lê Efésios 2:19.
Segundo, o cristão que possui uma família espiritual, tem suporte e encorajamento, especialmente nos dias maus. Gálatas 6:2 diz: “Levai as cargas uns dos outros e, assim cumprireis a lei de Cristo.” Quantas vezes as pessoas chegam na Igreja derrotadas, deprimidas e uma oração, um sorriso, uma palavra enrijece os ossos e a pessoa luta a semana inteira por causa daquilo que recebeu de um irmão. Lê Hebreus 10:24-25.
Terceiro, nós temos, na Igreja, como membro da família, a proteção espiritual dos líderes. Em Hebreus 13:17 o Senhor diz: “Obedecei aos vossos guias e sede submissos para com eles; pois velam por vossas almas, como quem deve prestar contas, para que façam isto com alegria e não gemendo; porque isto não aproveita a vós outros.”
Quarto, é na família que tens condições de crescer. Efésios 5:21 diz: “sujeitando-vos uns aos outros no temor de Cristo.”

Quando eu me sujeito a um irmão, ele também está sujeito a mim. Eu começo a compreender o que é esse grande laboratório que é a Igreja. É nela que somos aprendizes do cristianismo, que aprendemos e evitamos as diferenças. Sabemos conviver com as diferenças, não importa se é branco, se é negro, se é rico, se é pobre, se tem condição social alta ou não. A Igreja consegue criar esse ambiente de fraternidade e de amor para a pessoa crescer na vida. A Igreja provê benefícios que não podem ser encontrados em nenhum lugar do Mundo. Primeiro, aprendes a descobrir o valor do Louvor, porque é ele que te prepara emocionalmente.
Segundo, é a Comunhão que ajuda muito a enfrentar as lutas, os problemas e acontece através da oração, do encorajamento.
O Discipulado é o terceiro. É um treinamento, ele fortalece, dá confiança. Quando aplicas a Palavra na vida diária, esse discipulado traz benefícios na tua vida.
Quarto lugar, o Ministério. É na Igreja que aprendes e encontras o teu próprio Ministério, que aprendes a desenvolver talentos, a servir a Deus e ao próximo. Somos ministros de uma Nova Aliança.
Quinto lugar, o Evangelismo. Na Igreja aprendes a SER o evangelista da tua família, dos teus amigos, das pessoas que convivem contigo. Aprendes do altar para depois evangelizar os outros.
Deus não quer ninguém crescendo isoladamente. Ele criou uma família espiritual e disse: “Vos pertenceis a essa família”. Cristão sem família espiritual é órfão. E Jesus diz: “Eu não vos deixarei órfãos”.
Já existem muitos fatores que fragmentam a família: o alto índice de divórcio, o abuso familiar, a ênfase ao individualismo. Poucas pessoas entendem o que é uma família. Quando a pessoa tem uma rede de família ela tem segurança muito grande para a próxima geração que chega.
Crê nestas verdades, tem fome de buscar o Reino de Deus em primeiro lugar, a mentalidade de Cristo, da prosperidade e da abundância. Deus honra a comunhão dos justos.
Teu Apóstolo, amigo e irmão, Miguel Ângel

3 Chaves Bíblicas Para Sair das Dividas

Existem três chaves bíblicas que podem nos auxiliar a sair das dívidas.O arrependimento, a gratidão e o pacto com Deus. Mas é importante sair da teoria e colocar em prática essas chaves. Certamente Deus não te colocou aqui na Terra para viver endividado...

O arrependimento - Saiba que Deus é bom e tem um coração misericordioso! Ele está sempre disposto a nos perdoar. Você quer sair das dívidas? Arrependa-Se, confesse e peça perdão por suas dívidas e por ter praticado iniquidade contra si mesmo. O problema é que, na vida empresarial, o amor ao dinheiro nos transforma em pessoas orgulhosas demais para pedir perdão e arrepender-se. 

Esse comportamento de soberba desagrada a Deus e é um dos motivos pelo qual demoramos a nos libertar das dívidas e dessa opressão demoníaca. Seja inteligente, não demore, peça perdão a Deus por suas dívidas, pois no livro de Provérbios 28.13 está escrito: "O que encobre as suas transgressões, nunca prosperará; mas o que as confessa e deixa, alcançará misericórdia”. 

Como se observa, a dívida é uma transgressão, uma violação feita em estado de desobediência à palavra de Deus, e isso se configura também como uma iniquidade. Aquele que comete iniquidade se afasta de Deus, coloca entre si e Deus um obstáculo que impede as bênçãos. Quem comete iniqüidade não pode prosperar, pois a palavra de Deus, por ser a verdade, sempre se cumpre, e lá está escrito: “o que encobre suas transgressões nunca prosperará”. Para sair das dívidas, arrependa-se e peça perdão a Deus enquanto há tempo...

A gratidão - A gratidão é a mãe de todas as virtudes. Há um axioma bíblico que diz que quando somos gratos com aquilo que recebemos de Deus, Ele nos dá aquilo que queremos. Mas há também outra verdade: quando nos endividamos, murmuramos de nossa situação, e, em geral, atribuímos o problema aos outros, culpamos o demônio, ou lamentamos com Deus e, assim, somos ingratos, desconsiderando tudo o que Ele tem feito por nós, por nos dar a capacidade de gerar riquezas - capacidade essa que usamos de forma equivocada - geramos, em vez de riqueza, dívidas e pobreza. 

Para o empresário, é importante saber que, quando murmuramos, ofendemos a Deus, pois, na murmuração, estamos dizendo que Deus não nos ama e nem nos ampara e, por isso, estamos passando por essa situação vergonhosa. O diabo sabe que através de nossa murmuração envergonhamos a Deus e por isso nos tenta e faz de tudo para que nossa boca seja um punhal no coração de Deus. Mesmo que você esteja sofrendo em função das dívidas, volte-se para Deus com um coração agradecido e tudo mudará. Faça o que está escrito no livro de Salmos capítulo 103, versículo 2: “Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e não te esqueças de nenhum dos seus benefícios”. 

A gratidão faz com que Deus olhe para nós e para nos ver melhor, Ele abre as janelas dos céus, e, assim deixa cair as bênçãos. Creia e aprenda: a gratidão é um dos princípios bíblicos capaz de nos tirar das dívidas...

O pacto com Deus - Deus é o melhor empresário e empreendedor que existe. Ele criou, implementou e vem governando tudo que há no universo. Como rei, Ele é supremo e tem soberania eterna, pois seu reino não tem fim. Como gestor e parceiro, é confiável e sabe delegar poder, pois nos deu o livre-arbítrio. 

Como fomentador, Ele é o dono do ouro e da prata e nos deu a capacidade de gerar riquezas e de fazer transformações na sociedade. Como pai, é bondoso, misericordioso e nos ama, apesar de nossas falhas, transgressões e iniquidades. Analisando bem, não há sócio com perfil empresarial melhor que Deus. Então, convide Deus para ser seu sócio. Como assim? Faça um pacto comercial com Ele! Essa aliança mudará o rumo de sua empresa. 

Veja o que diz o livro de Salmos, capítulo 127, versículos 1 e 2: "Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que edificam; se o Senhor não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela. Inútil vos será levantar de madrugada, repousar tarde, comer o pão das dores; aos seus amados Ele o dá enquanto dormem”. E tem mais: Deus sabe o que precisamos para sair das dívidas. Ele sabe como devemos nos comportar frente às pressões financeiras. Portanto, deixe Ele agir, apenas fique quieto, confie Nele, pois essa é a chave para se livrar das dívidas.
 

sexta-feira, 17 de junho de 2016

Unção Divina da Riqueza

A TRANSFERÊNCIA de RIQUEZA COMEÇOU


Nas últimas décadas, tem crescido o número de homens e mulheres cristãos que tem recebido poder sobrenatural de Deus para conseguir riqueza.
Mais e mais cristãos estão recebendo idéias incríveis ''' para gerar riqueza, e sabedoria sobrenatural para administrar essa riqueza.

Isso não é por acaso. Deus me revelou que Ele está abençoando Seu povo com um propósito: prepará-lo para os últimos dias, quando todos os outros meios de suprimento entrarão em colapso.

E, havendo aberto o terceiro selo, ouvi o terceiro animal dizendo: Vem e vê! E olhei, e eis um cavalo preto; e o que sobre ele estava assentado tinha uma balança na mão. E ouvi uma voz no meio dos quatro animais, que dizia: Uma medida de trigo por um dinheiro, e três medidas de cevada por um dinheiro; e não danifiques o azeite e o vinho. — Apocalipse 6.5-6

O azeite e o vinho são a Igreja - isto é, você e eu.
Nós precisamos estar preparados para viver na provisão de Deus nesses tempos do fim porque, quando o cavaleiro do animal preto vier, será muito tarde para se preparar!
Quando os cristãos receberem esta característica empreendedora de Deus, os ímpios começarão a derramar riqueza para os bolsos dos justos.

Eles não estarão fazendo isso conscientemente. Deus usará o Espírito Santo para implantar neles esse desejo.
Por todo o mundo, os ímpios estão armazenando tesouros para si mesmos, ostentando gordas contas bancárias e ações, mas a Bíblia diz que eles têm armazenado estas coisas de tal forma que os justos possam tê-las: Se (o homem ímpio) amontoar prata como pó, e aparelhar roupas como lodo, ele as aparelhará, mas o justo as vestirá, e o inocente repartirá a prata.

—Jó 27.16-17
Você pode imaginar? Bill Gates, o homem mais rico dos Estados Unidos, o segundo homem mais rico do mundo, só tem armazenado aquele dinheiro de tal forma que os justos e os inocentes possam herdá-lo! Oh! É a provisão de Deus!
Imagine como o mundo reagiria se as grandes redes de televisão pertencessem aos cristãos!

Nunca mais a imundície do diabo seria distribuída por meio de todos os aparelhos de televisão do mundo. Os donos da CBS, NBC, ABC, FOX, da BBC - todos poderiam ser cristãos um dia!
Todas as riquezas desses conglomerados da mídia têm sido armazenadas para os justos fazerem uso delas!

Que tal a General Motors, Chrysler, Toyota, Honda, Mercedes Benz, Audi, Ferrari, Jaguar, Ford - que tal se os cristãos possuíssem as maiores fábricas de automóveis? Que tal se os cristãos se tornassem proprietários de todos os grandes mercados da mídia do nosso tempo -Time/Warner, Gannett, Scripps/Howard e outros? Você poderia imaginar a mudança na cobertura diária que nós lemos nos nossos jornais?

Eu Creio Que Isso Pode Acontecer
Você pode imaginar a diferença nos filmes se a 20th Century Fox de repente fosse de cristãos? Ou os estúdios da Universal e da MGM?
Nestes tempos do fim, nós começaremos a ver cristãos controlarem a riqueza que o mundo estocou para eles! Como administradora do dinheiro de Deus, a Igreja deve aprender a depender de Deus para obter o poder que traga o aumento.

Robert J. Hastings, famoso administrador financeiro, disse uma vez: "A administração de dinheiro não é tanto uma técnica quanto é uma atitude. A menos que a pessoa atinja auto-controle, ela não está mais apta a controlar seu dinheiro do que a disciplinar seus hábitos ou seu tempo".

À medida que Deus nos prospera de acordo com Sua promessa, temos que estar preparados para lidar sabiamente com a riqueza que Ele nos der.
Então, aproximou-se o que recebera cinco talentos, e trouxe-lhe outros cinco talentos, dizendo: Senhor, entregaste-me cinco talentos; eis aqui outros cinco talentos que ganhei com eles. E o seu senhor lhe disse: Bem está, servo bom e fiel. Sobre o pouco foste fiel, sobre muito te colocarei; entra no gozo do teu senhor. — Mateus 25.20-21
Deus é um Deus de aumento, não de decréscimo ou de estagnação.

Em todas as coisas que Ele nos dá - seja dinheiro ou dons espirituais - Ele espera que nós nos esforcemos para produzir um aumento.
Mesmo agora, a explosão de bênção financeira do tempo final para os santos já começou, mas nos tempos finais, eu profetizo que Deus começará a abençoar Seus santos com o PODER para conseguir riqueza - idéias para gerar riqueza através da qual eles possam financiar a colheita de almas do tempo final!

Deus não nos abençoa para sermos consumidores, atendendo aos nossos próprios deleites. Suas bênçãos nos são dadas a fim de que trabalhemos diligentemente para o Seu reino!

Os ímpios têm gasto literalmente BILHÕES de dólares a fim de ganhar gerações para Satanás através da televisão, filmes, música secular, literatura ímpia e pornografia!
Mas, MARQUE AS MINHAS PALAVRAS: Deus está se preparando para derramar uma prosperidade do tempo final sobre o Seu povo como nunca foi vista antes, de tal forma que a Igreja possa começar a virar a maré da ofensiva diabólica nos meios de comunicação de massa! Essa prosperidade do tempo do fim financiará a colheita final de almas antes do retorno de nosso Se-nhor Jesus Cristo.

Estimula e agrada ao Senhor abençoar financeiramente os Seus servos.
Do mesmo modo que o diabo odeia ver os cristãos prosperarem, o Senhor gosta de nos ver prósperos.
Cantem e alegrem-se os que amam a minha justiça, e digam continuamente: O Senhor, que ama a prosperidade do seu servo, seja engrandecido. — Salmo 35.27

Porque Deus sente prazer em prosperar Seus servos, Ele está liberando um tremendo derramamento de inspiração sobrenatural para o Seu povo.
Lembre-se, os tempos finais estão aí. A vinda de Jesus tomará o mundo como um ladrão da noite, MAS NÃO A IGREJA!!!

Estaremos preparados para a vinda de Jesus, e parte daquela preparação é nos tornarmos bons administradores das Suas finanças! Deus nunca nos chama sem nos dar provisão.
Ele nos chamou para sermos bons servos e, nestes últimos dias, irá inundar Seus filhos de provisão financeira!
Comece a se preparar agora.
Lembre-se: E o seu senhor lhe disse: Bem está, servo bom e fiel. Sobre o pouco foste fiel, sobre muito te colocarei...
— Mateus 25.21

Nós temos que nos mostrar fiéis naquelas coisas que Deus já nos confiou, antes de nos tornarmos governantes sobre muitas coisas.
Deus confiou-lhe os seus recursos financeiros - não importa quão pequenos ou grandes - com um propósito: dar-lhe a chance de ser fiel e receber mais.
Seja fiel com as finanças que você tem agora. Seja fiel em dar os dízimos e ofertas ao Senhor com o que você tem, e a Palavra de Deus disse que Ele será fiel em lhe dar crescimento.

Sua bênção está vindo! No momento em que você liberar sua oferta, espere uma colheita sobrenatural.

Compartilhei com você um sonho...uma revelação...e uma visitação de Deus. Agora, eu lhe pergunto: Você está preparado para dar um passo na direção do seu destino do tempo final? A fé é um fato...Mas a fé é também um ato. Deus não me fez revelar para você este sonho, esta revelação, esta visitação por acaso.
É Para Um Propósito Divino!
Semeie a maior oferta financeira que você puder para cumprir a Grande Comissão de Cristo: E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura.
— Marcos 16.15
MORRIS CERULLO